Brasileiros investem cada vez mais em segurança eletrônica

A atual crise econômica do Brasil não atingiu o mercado de segurança eletrônica que continua em crescimento graças ao aumento da oferta de produtos a preços acessíveis. Além disso, a necessidade de reforçar a segurança dentro de imóveis residenciais e comerciais, visando reduzir o risco de invasões e assaltos continua fortemente presente no país.

De acordo com um estudo feito pela Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança (Abese), esse setor faturou no ano passado R$ 5,4 bilhões. A expectativa é que o mercado cresça aproximadamente 6% neste ano.

Ainda segundo a Abese, esse cenário se deve ao fato de que os brasileiros perceberam que itens de segurança eletrônica, como câmeras, cofres e alarmes, não custam muito caro. A população constatou que é possível se proteger gastando pouco.

Além disso, as inovações do setor também contribuíram para o destaque desse segmento. A Segzoom, por exemplo, investe cada vez mais em produtos com tecnologia de ponta, focando sempre na satisfação dos seus clientes. Não perca mais a oportunidade de levar o melhor para seu condomínio ou empresa, entre em contato com a gente.

Deixe um Comentário