Quem vive em condomínios sabe muito bem da importância de eleger um bom síndico. No entanto, poucos sabem que o Código Civil explica em um dos seus artigos sobre o papel do síndico. É muito importante ter conhecimento sobre o conteúdo dessa lei para poder validar junto com seus vizinhos o que precisa ser cobrado do seu síndico. O síndico também deve estar atento às leis para exercer seu trabalho da melhor forma possível, garantindo assim a segurança e o bem-estar dos moradores.

 

No artigo 1348 do Código Civil temos os seguintes incisos que definem o papel do síndico:

I – convocar a assembleia dos condôminos;

II – representar, ativa e passivamente, o condomínio, praticando, em juízo ou fora dele, os atos necessários à defesa dos interesses comuns;

III – dar imediato conhecimento à assembleia da existência de procedimento judicial ou administrativo, de interesse do condomínio;

IV – cumprir e fazer cumprir a convenção, o regimento interno e as determinações da assembleia;

V – diligenciar a conservação e a guarda das partes comuns e zelar pela prestação dos serviços que interessem aos possuidores;

VI – elaborar o orçamento da receita e da despesa relativa a cada ano;

VII – cobrar dos condôminos as suas contribuições, bem como impor e cobrar as multas devidas;

VIII – prestar contas à assembleia, anualmente e quando exigidas;

IX – realizar o seguro da edificação.

Ou seja, ser síndico exige muita responsabilidade, paciência e dedicação. A Segzoom sabe a importância do síndico e trabalha sempre buscando melhorar seu trabalho. Confira aqui  o depoimento do síndico Renato Porto mostrando a satisfação com os serviços prestados pela Segzoom.

Deixe um Comentário